Photos

Events

EDUSA Academy Group

O EducationUSA Tupã, localizado no CCBEU Tupã, fica muito...

Encerramento do 1º Semestre – EBC

Nos últimos dias 21 e 22 de junho no...

Reading Project

Terça-feira (27/06), o CCBEU Tupã realizou o encerramento do...

Entrega de camisetas – EBC

Nos dia 15 e 18, o CCBEU Tupã realizou...

O QUE AS PESSOAS FALAM DO CCBEU

juliana

Juliana Soares Gericó

Comecei a trabalhar na secretaria do CCBEU em 2003, quando a escola ainda ficava na Rua Botocudos. Em 2004 o CCBEU mudou para a nova sede, mudou de endereço, porém sua essência não mudou, continuou com a mesma qualidade, competência e profissionalismo para com seus alunos. Eu adoro trabalhar no CCBEU, lá o ambiente de trabalho é ótimo, através desse trabalho pude fazer grandes amizades e aprender muitas coisas. Parabéns CCBEU pelos 35 anos de sucesso, parabéns D. Walkíria por fazer do CCBEU uma excelente escola de inglês. É uma honra fazer parte dessa grande família chamada CCBEU! Secretária do CCBEU
walkiria

Walkíria Darahem

Durante todo o ano de 2007 publicamos depoimentos de ex-alunos, ex-professores, ex-funcionários e também dos atuais, em comemoração aos 35 anos do CCBEU-Tupã (Inglês com Qualidade). Foi muito bom ouvir e ler cada depoimento, porque nos fez sentir que trabalhar sério na área da Educação é não só muito necessário em nosso país, mas também altamente recompensador aos nossos corações. Em nome do CCBEU-Tupã agradeço com entusiasmo as palavras bonitas e de incentivo que recebemos de todos, pais, alunos, amigos e profissionais. O CCBEU-Tupã nesta oportunidade deseja a todos os tupãenses um Feliz Natal e um Maravilhoso 2008! Diretora Acadêmica do CCBEU desde 1972
viviane

Viviane de Souza Bravi

Eu descobri o CCBEU no final de 2004 através do Concurso de Bolsas. Confesso que não era muito informada sobre a escola, mas quando, para minha surpresa, consegui uma bolsa de estudos lá, fiquei muito feliz porque sempre estudei e gostei de inglês. Em 2006 fui convidada para fazer parte do treinamento para professores de inglês do CCBEU e, no começo deste ano comecei como estagiária da escola. O CCBEU me ofereceu muitas oportunidades, mudou muitas coisas na minha vida. As pessoas de lá já fazem parte da minha história, sem dúvida vou levar para sempre esta escola em meu coração para onde quer que eu vá. Professora do CCBEU Aluna CCBEU de 2005 até os dias de hoje.
victor

Victor Vendramini Pereira França

A escola de inglês CCBEU Tupã é como uma parte da vida que muitos passamos e da qual sentimos muita falta. Não é apenas um curso de inglês ou espanhol, é realmente uma relação próxima entre escola de línguas e aluno, com muita amizade acima de tudo!!! Impossível esquecer dos amigos que fizemos aprendendo inglês tanto que até hoje comentamos: "we miss a lot our CCBEU time!". Enfim, uma equipe de professores ensinando com experiência e qualidade, que fazem os alunos se sentirem parte de uma grande família, isso é CCBEU Tupã!!! Victor Vendramini Pereira França Universitário do curso de Administração de Empresas e Agronegócios da Unesp Tupã / Professor de espanhol Unesp - Tupã / Estagiário em Planejamento Estratégico na Usina Clealco. Aluno CCBEU de 1995 a 2005
vera

Vera Lucia Bolzani

CCBEU - Tudo que é muito bom, deixa um pedaço de saudades. Modelo de compromisso, seriedade e convivência. Caminho percorrido em minha adolescência que se faz presente hoje. Aprendizagens que se transformaram em ensinamentos. Encontros semanais que deram certo: de ex-aluna a atual educadora. Gratidão por esta unidade de ensino, cujo ontem, faz parte do meu hoje. 03/11/2006 Diretora da E. E. de Parapuã Aluna CCBEU de 1977 a 1981
vanessa

Vanessa Pinatto Gaspar

Ao querido CCBEU Tupã, meus sinceros agradecimentos e carinhosos parabéns... agradeço por ter me dado uma excelente estrutura da língua inglesa, com a qual conheci vários lugares e pessoas, e me desenvolvi profissionalmente. Agradeço pelas amizades que fiz quando nessa escola estudava, amizades verdadeiras que se fortalecem com o passar dos anos, amizades de professores, colegas de sala e alunos, que guardo com carinho dentro do meu coração. Mas sobretudo neste ano festivo, quero parabenizá- los... parabéns CCBEU, por ser uma referência do estudo da língua inglesa, parabéns por ser um centro bilíngue de excelência, reconhecido pela embaixada dos EUA, parabéns pelo crédito da University of Michigan que confia em seus profissionais para ministrar o teste de proficiência... parabéns aos professores pelo contínuo esforço que faz dessa escola o que ela é, e parabéns à diretora/fundadora Walkíria que consegue, ano após ano manter a qualidade incomparável da metodologia de ensino da sua escola. Me orgulho muito de ser uma ex-aluna CCBEU, me orgulho de carregar comigo exemplos que aprendi quando aluna, e hoje, como professora tento passar aos meus alunos. Ao CCBEU meus parabéns, e meu muito obrigada!!! Professora do CCBEU Aluna CCBEU de 1987 a 1994
talita

Tálita Aparecida Ali Rodrigues

Minha história no CCBEU começou em 2004 quando fui fazer o curso de inglês aos sábados. Nunca pensei que teria tanto ânimo para passar o sábado à tarde estudando, mas eu não teria outro horário e o CEFAM e o cursinho que fazia à noite não me davam alternativa. O curso foi ótimo foram três anos nessa rotina comandada por alunos e professores muito animados. Bem, mas minha história com o CCBEU não é só como aluna, depois de um ano estudando fui convidada a trabalhar na secretaria do CCBEU e desde 2005 estou nesta função. Parabéns ao CCBEU por seus 35 anos! Desejo que esta escola continue fazendo parte de muitas outras histórias de alunos e funcionários por muito tempo. Secretária do CCBEU Aluna CCBEU de 2004 até os dias de hoje.
sonia

Sonia Maria Dias Amaral Jaquetto

O CCBEU foi uma das coisas mais importantes que aconteceram na minha vida. Entrei para a 2ª turma de alunos em 1972 e fui gostando e me dedicando tanto que passei a fazer parte da turma de professoras da escola. Daí veio a decisão de que esta seria a minha profissão: mudei-me para São Paulo para cursar a Faculdade Ibero - Americana de Línguas e prosseguir com cursos mais avançados em inglês. Casei-me e voltei a morar em Tupã e dar aulas no CCBEU, onde por muitos anos também fui diretora. Aí vieram os filhos, Guilherme e Fernanda, que também viveram a maior parte de suas vidas de estudantes dentro do CCBEU, e devem o muito que sabem de inglês ao ensino de extrema qualidade e professores cuidadosamente preparados desta escola. Hoje, mesmo não fazendo parte de seu dia-dia, participo direta ou indiretamente de todos seus eventos pois não só adquiri conhecimentos, mas vivi a maior parte da minha história e fiz amigos que serão para sempre. Administradora da Clínica Jaquetto Aluna CCBEU de 1972 a 1976
solange

Solange Campioti Krugner Vicentim

Estudei no CCBEU-Tupã no período de 1980 à 1986. Tive como professoras as Teachers Sandra Krugner, Sonia Guilhen e Sonia Jaquetto com as quais aprendi muitas coisas que até hoje recordo com clareza. Aprender no CCBEU me ajudou muito no meu trabalho e no meu cotidiano. Sempre achei o CCBEU uma escola com perfil inovador e atualizado, garantindo assim uma boa infra-estrutura para o aprendizado dos seus alunos. Os alunos e profissionais que passaram pelo CCBEU adquiriram muita experiência e conhecimento. Minha irmã já foi professora no CCBEU, a minha filha já acabou o curso há 2 nos, e meu filho está cursando o PT3. Solange Campioti Krugner Vicentim - Assistente Social no Centro de Saúde Dr. Valter Pimentel Aluna CCBEU de 1980 a 1986  
silvia

Sílvia Regina Stefanini

Com 7 anos eu já era aluna no CCBEU-Tupã, no curso Kinder (inglês para crianças). Desde as primeiras aulas já me apaixonei pelas aulas de inglês e lá continuei cursando até receber o certificado de conclusão do curso. Então, eu já era uma adolescente, com 14 anos. Todas as lições de inglês aprendidas ainda hoje se revelam como eternas pois, e mesmo com o passar dos anos, tenho conhecimento específico da língua. Hoje, com segurança e qualidade aproveito os ensinamentos do CCBEU na minha vida profissional e ainda venho transmitindo essas lições ao meu filho, podendo incentivá-lo a compreender como é indispensável o domínio deste idioma universal que é o inglês. Advogada e professora da Faculdade da Alta Paulista (FADAP/FAP) e Faculdades Adamantinenses Integradas (FAI). Aluna CCBEU de 1975 a 1981
shirley

Shirley Meire Rigoldi Leandro

Minha experiência no CCBEU - Tupã foi importante na minha vida pessoal e profissional. Profissionalmente, aproveitei os conhecimentos para entrar na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Tupã, formando-me em letras com Licenciatura plena em Inglês e Português. Hoje sou diretora efetiva de uma escola de Pindamonhangaba e atualmente estou fazendo pós graduação em Gestão Educacional na Unicamp. Pessoalmente, o CCBEU - Tupã foi muito importante pois lá conheci meu marido César. No início de nossas carreiras aqui em Pinda, meu marido viajou para o Japão num intercâmbio profissional sendo que o inglês que aprendi foi muito útil para ajuda-lo a se preparar para a viagem. Esta experiência nos fez perceber a importância do inglês neste mundo globalizado e assim passamos nossas experiências para nossas filhas Mayara e Thayna. Principalmente para a Mayara, o inglês tem aberto muitas portas em empresas pois as entrevistas são realizadas em inglês, além de valorizarem sua experiência no intercâmbio. Já a Thayna ficou um ano na alemanha onde exercitou seu inglês e aprendeu alemão. Quero através deste depoimento incentivar outras pessoas a aprender o inglês agrader pelo conhecimento adquirido através dos excelentes professores e parabenizar pelos 35 anos do CCBEU - Tupã. Aluno CCBEU - Tupã de 1975 a 1977
sandra

Sandra Maria Giansante de Rossi

Falar do CCBEU para mim, é muita emoção. É uma viagem de volta ao passado. Foi uma fase que marcou demais a minha vida, a minha vida de adolescente, a minha vida de estudante. Marcou demais pra mim, porque naquela época, meus 15, 16 anos, eu vivia CCBEU. Eu fazia o curso básico, assim era chamado, estava terminando o livro dois (eram seis), e a diretora da escola, a Walkíria, me convidou para dar aula ali, pras crianças, era o curso “Pink and Blue”. Quanta honra pra mim, um convite deste, da nossa diretora. Claro, aceitei. Então digo que viva CCBEU, pois eu lecionava ali de 2ª e 4ª e tinha aula 3ª e 5ª. Na 6ª tínhamos reunião com a diretora e conversação. Foi com muita alegria, motivação, satisfação e com muito orgulho que terminei o curso, me formei no CCBEU em 1981, sendo a Walkíria a minha professora daí pra frente, livros 3, 4, 5 e 6. Chegando ao 3º colegial (1982), tive que optar em continuar ali, ou ir embora, pois desde pequena quis ser dentista. Foi difícil, pois eu adorava a minha vida ali, e sempre gostei muito de estudar inglês. Minha vocação falou mais alto, foi com dor no coração que fui embora fazer Odonto, mas era o que sonhei pra mim. Hoje sou dentista, voltei pra Tupã, jamais esqueci a escola, a minha professora e diretora. Tenho uma filha que tem treze anos, e como não poderia deixar de ser, está estudando na escola de inglês que fez e ainda faz parte da minha vida. É claro que ela está agora também no CCBEU, com todas as professoras maravilhosas que hoje estão lá, e ainda com a nossa querida diretora Walkíria. Sandra Maria Giansante de Rossi - Dentista Aluna CCBEU de 1979 a 1981
usufeminino

Sandra Campioti Krugner Gumiero

O CCBEU-Tupã é a melhor recordação da minha vida. À ele e à sua fundadora Walkíria Darahem eu devo a minha formação profissional. Em fevereiro deste ano de 2007 eu completo trinta anos de registro em carteira, sendo que o meu primeiro emprego foi nesta escola que só me deu carinho, conhecimento, amizades. Ela sempre foi meu orgulho e meu rumo. Tenho dois filhos, a quem eu dou aulas de Inglês, e lógico, só usando os livros que a Walkiria me indica. Para os meus filhos eu quero o melhor, e se não é possível estudar aí no CCBEU-Tupã porque moramos em São Paulo, pelo menos os mesmos livros e a mesma linha de ensino eu não abro mão de dar aos meus meninos. Com a minha diretora Walkiria eu aprendi que "QUEM É BOM NÃO TEM MEDO DE SOMBRA", e muito mais, aprendi a amar o Inglês. Portanto, eu agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de conhecer esta escola, que só me trouxe coisas boas. Ao CCBEU-Tupã e aos amigos daí, PARABÉNS, todo meu carinho e meu muito obrigado por tudo que fizeram por mim. Abraços, Aluna CCBEU de 1974 a 1977 Professora e Coordenadora de Cursos do CCBEU por vários anos.
semfoto

Ricardo Toshio Yugue

Aprender uma outra língua, antes de tudo, ampliou a minha visão e as possibilidades em relação ao mundo. Me possibilitou incontáveis oportunidades de desenvolvimento profissional e pessoal, desde competências necessárias para meu desenvolvimento acadêmico e profissional, até a possibilidade de conhecer e me relacionar melhor em um mundo globalizado. De maneira objetiva, após ter me graduado em farmácia e bioquímica e administração de empresas pela USP e me pós-graduado em administração, tive a oportunidade de participar em vários projetos internacionais. Como resultado, em 2004 assumi uma posição no escritório global da organização em que trabalho atualmente. Na estrutura em Bruxelas éramos em aproximadamente 35 profissionais originários de 16 países com 13 línguas diferentes, mas tendo o inglês como língua oficial de trabalho. De volta ao Brasil em 2005, continuei a ter participação em grupos de trabalho globais nos quais as interações têm se tornado cada vez mais freqüentes à medida em que se torna cada vez mais intensivo o uso dos novos canais e tecnologias de comunicação. No entanto preciso dizer que o CCBEU foi muito além do ensino da língua inglesa. Devo a ele e aos professores, em especial à Walkíria Darahem, uma parte substancial dos valores que sempre me conduziram em minhas relações profissionais e pessoais. Parabéns ao CCBEU - Tupã pelos seus 35 anos. Tenho muito orgulho por ter feito parte de sua história de sucesso. Farmacêutico, MBA e PMP Aluno do CCBEU - Tupã de 1979 a 1981
renatapatricia

Renata Patrícia Lins de Queiroz

Gostaria primeiramente de parabenizar a Dona Walkíria pelos 35 anos de escola com 35 anos de ensino De Verdade ! Isso é o que encontramos na escola CCBEU - Tupã... Quando eu tinha 13 anos falei para meu pai que eu gostaria de fazer Inglês. Ele disse: Bom já que você quer estudar Inglês, então vai estudar lá no CCBEU que é a melhor escola. Desde então tenho a cada dia me apaixonado por essa língua tão linda e tão necessária nos nossos dias. Depois que eu fiz os cursos me afastei um pouco dos estudos de inglês e fui trabalhar em outra área, mas sempre estava ligada de uma forma ou de outra. O que eu acho definitivo pra mim é que eu aprendi lá no CCBEU tantos valores, tantas coisas boas, tantas formas de aprender e de ensinar essa Arte que até me emociona quando falo. Depois de um tempo sem estudar, voltei há dois anos e fiz o Curso Avançado "Advanced Course" e aí eu pude realmente confirmar tudo o que eu já sabia sobre uma escola que só me trouxe benefícios profissionais, pessoais, amigos que vou levar pra sempre em minha vida. Muito obrigada mesmo por eu ter feito e por eu fazer parte de uma escola tão linda em todos os aspectos. Estudar e trabalhar com pessoas comprometidas com seu trabalho, comprometidas com a vida é simplesmente MARAVILHOSO. FELIZ ANIVERSÁRIO CCBEU ! Feliz Vida dona Walkíria! Estaremos sempre fazendo parte dessa família que tanto amo. Família CCBEU. Um grande beijo a todos, Renata Patrícia. Professora Aluna CCBEU de 1985 a 1988 - 2003 a 2006
renata

Renata Bergantini Borges

"A escola de inglês CCBEU Tupã tem um significado muito importante em minha vida! Foi lá, que eu vi e aprendi, que o mundo não tem fronteiras quando queremos algo na vida. Quando meus pais me matricularam na escola primária, eles também me matricularam no CCBEU. E por lá, estudei por muitos e muitos anos! Minha primeira professora foi a teacher Maria José, que será inesquecível em minha vida! Hoje trabalho numa multinacional, e graças ao aprendizado que o CCBEU me proporcionou, me ajudou muito a chegar onde estou hoje. Falar do CCBEU neste momento, está me trazendo recordações maravilhosas da escola, dos amigos que fiz, das aulas de listening, aulas de conversação, das gincanas, Halloween, amigos secretos, festinhas de Natal, Thanksgiving, aniversários... foi tudo muito bom para mim! O CCBEU está de parabéns! Parabéns CCBEU por ajudar a escrever minha história e fazer parte da minha vida!" Renata Bergantini Borges - Gerente Financeira na multinacional TP Orthodontics Ltda. Aluna CCBEU de 1983 a 1992
semfoto

Reginaldo Alves Meira

Olá a todos do CCBEU – Tupã! Estudei aí e, tive como mestra a "grande" Maria José, até hoje tenho coisas boas que aprendi com ela, não só o idioma inglês, mas também grandes coisas para a vida. Sinto-me honrado de ter crescido aí com vocês durante muitos anos, até lecionei um ano nesta casa. Hoje moro em Lisboa-Portugal, mas sinto que ficou parte minha aí na escola como também, tenho uma parte do CCBEU dentro de meu coração. Quero parabenizá-los e desejar muitos outros 35 anos com excelência. Fica meu abraço a todos e grande festa, Tupã merece tê-los. Aluno CCBEU de 1991 a 1995
priscila

Priscila De Lucas Pinato

Iniciei os estudos da língua inglesa na escola de inglês CCBEU Tupã com apenas 10 anos por intermédio da minha mãe, que é professora de inglês e sempre me incentivou a aprender. O CCBEU foi uma escola que contribuiu bastante para minha formação profissional. Na faculdade que cursei - Publicidade e Propaganda, muitos termos técnicos em inglês tomavam conta das aulas e sempre eu sabia e entendia. Ter no meu currículo o curso de inglês do CCBEU foi fundamental para a entrada neste mercado de trabalho tão competitivo. A escola é ótima, bons professores, funcionários competentes e muitos colegas de classe que são amigos até hoje. Sinto muita saudade das teachers: Patrícia Galli, Vanessa Andriassa e Sandra. Participei de todos os eventos promovidos pelo CCBEU, desde os tradicionais piqueniques de Páscoa que eram realizados no Clube Marajoara de campo até as festas juninas e gincanas em frente à escola, em especial a gincana de comemoração de 25 anos do CCBEU. Esses eventos eram sempre muito legais, com muitos alunos participando. Quantas aulas de listening, vídeo, e livros... Ah que saudade!!! Parabéns CCBEU pelos 35 anos de existência em nossa cidade! Agente de Desenvolvimento do SEBRAE/SP Aluna CCBEU de 1992 à 1995
patricia

Patrícia Camargo Zamora Galli

É com orgulho que participo da comemoração dos 35 anos do CCBEU - Tupã. Neste período pude acompanhar o desenvolvimento da escola em três momentos diferentes: como aluna, como teacher e finalmente, como mãe de alunos. Em todas estas fases notei que o Centro Cultural sempre levou a sério seu propósito de capacitar os alunos da melhor maneira possível, graças ao empenho e dedicação de cada um de vocês. Parabéns a todos que fazem do CCBEU - Tupã um grande sucesso. Funcionária da Sabesp Aluna de 1978 a 1985 - 2003 a 2005.  
osmarina

Osmarina Esten Manfré

Falar do CCBEU-Tupã é voltar à década de 70 e muita emoção invade minha alma. Faço parte da 1ª Turma nesta Unidade de Ensino. Trabalhei durante 25 anos como professora de Inglês, no Estado de São Paulo e atualmente estou aposentada. Foi graças a este curso, que em tão feliz hora a professora Walkíria nos ofereceu, que pude tornar – me professora de Inglês onde fiz uma carreira com muito sucesso. Agradeço aos excelentes professores e em especial à professora Walkíria que me ofereceu uma bolsa de estudos a qual aproveitei com o máximo de alegria e muita luta, pois precisava trabalhar e estudar. Muito obrigada CCBEU-Tupã! Aluna CCBEU de 1972 a 1974
nathalia

Nathália Valamede Gabriel

Comecei a estudar no CCBEU com apenas 11 anos e permaneci nesta maravilhosa escola durante 10 anos. Quando já estava na faculdade, recebi o convite da Dona Walkíria para integrar o quadro de professores do CCBEU. Fiquei muito feliz com a proposta, tanto que aceitei e pude conquistar diversas amizades. Guardo com muito carinho todas as lembranças da minha passagem pelo CCBEU, pois além de uma grande experiência profissional, descobri uma enorme paixão pela língua inglesa e por todas as pessoas que convivi nesta grande família. Adoro vocês!!! Agradeço a Dona Walkíria, às teachers, aos funcionários e aos alunos, toda amizade, compreensão, carinho, atenção e companheirismo que me proporcionaram!!! Um grande beijo a todos!!! Aluna CCBEU de 1997 a 2006 e ex-teacher
nanci

Nanci Yuriko Umino

Estudar no CCBEU-Tupã foi uma das melhores oportunidades que já tive. Fui aluna bolsista e não teria tido condições de pagar o curso, caso o CCBEU-Tupã não oferecesse bolsas. Adorava as aulas de inglês e durante esse tempo percebi que minha vocação estaria ligada a línguas e cultura. Terminei o curso no CCBEU-Tupã, passei no ECCE - Michigan e no mesmo ano ingressei na UNESP- Rio Preto, onde cursei Letras - Tradutor. Desde então, todo meu trabalho tem sido relacionado a idiomas, ensino de idiomas. Hoje trabalho em uma ESL em Nova York, onde continuamente, buscamos a excelência, assim como o CCBEU-Tupã tem feito. Obrigada, CCBEU-Tupã, pela oportunidade. Estarei sempre agradecida. Admission Officer/ Adviso, auxiliando brasileiros e falantes de língua espanhola. Aluna CCBEU de 1993 a 1997  
miryan

Miryan Andaku

Comecei a estudar inglês no CCBEU em 1974 e nunca mais deixei a escola completamente. No CCBEU aprendi inglês, fiz amizades para a vida toda e comecei a carreira que sigo até hoje. Meus estudos e trabalhos iniciados no CCBEU me levaram a muitos lugares no mundo e trouxe uma parte do mundo para minha casa. Fico feliz cada vez que volto a Tupã e ao CCBEU e me sinto "em casa". Tenho muitas lembranças queridas da pequena escola que começou ali na esquina da Botocudos com Guainazes e se tornou um centro de excelência em ensino de línguas, cresceu, mudou de endereço, mas nunca deixou de ser também o ponto de encontro de amigos do coração. Parabéns, CCBEU, pelos 35 anos de trabalho, profissionalismo e excelência. Obrigada pelos 35 anos de aprendizado e amizade. Desejo outros 35 anos e muitos mais com tudo de bom que tem sido para tanta gente. Saudades! Professora de ESL em Tampa, FL, USA Aluna CCBEU de 1974 a 1976
mireile

Mireile Vanin Paveloski

Aprender Inglês foi uma experiência muito importante em minha vida!! E foi no CCBEU-Tupã que tudo começou. Apesar de minha resistência, fui matriculada no CCBEU-Tupã por insistência de meu avô Américo, que já acreditava na importância de se aprender uma segunda língua. Estudar inglês no CCBEU-Tupã foi uma experiência sem igual !! A dedicação dos professores, os métodos escolhidos e a atmosfera familiar me fizeram aprender a gostar de inglês e a concluir meu curso com muita alegria. Fui convidada a ser "teacher" no CCBEU-Tupã e trabalhar lá, foi outra experiência gratificante, pois, além de ter sido meu primeiro trabalho, acabou sendo enriquecedor para toda minha vida. Naquele momento, era apenas um simples trabalho, mas o significado foi muito além disso!! A oportunidade estava em minhas mãos! Fiz do Inglês minha profissão, em um determinado momento de minha vida, e fui muito feliz! Hoje moro no Canadá, e agora, mais do que antes, preciso de inglês como meio de comunicação. Agradeço ao meu avô, Américo; à Walkiria Darahem, por todos os incentivos; e a todas as minhas AMIGAS professoras, com quem trabalhei no CCBEU-Tupã, pelo grande aprendizado de vida que foi, por mim, vivenciado enquanto estive lá. VALEU A PENA!!! PARABENS PELOS 35 ANOS!! É UMA VERDADEIRA CONQUISTA!! Aluna CCBEU de 1985 a 1989
semfoto

Márcio Delazari Cruz

Ter estudado na Escola de Inglês CCBEU (Centro Cultural Brasil Estados Unidos - Tupã), foi uma ótima decisão que tomei em minha vida. Apesar da pouca idade, que tinha na época (12 anos) sonhava muito em falar inglês. A Escola de Inglês CCBEU me trouxe um incentivo muito grande na árdua tarefa de aprender a língua estrangeira. É importante ressaltar, que a Escola de Inglês CCBEU também é reconhecida nacionalmente. Bom, gostaria de parabenizar o CCBEU pelo seu 35º aniversário de muita qualidade no ensino da língua estrangeira, e dizer que tenho um enorme orgulho de ter estudado e ser parte de uma Escola tão séria e ao mesmo tempo muito acolhedora. Um grande abraço !!!  
marcia

Márcia Leandro Kotsevitis

Há exatamente 32 anos (eu nem acredito nisso!) eu tive a grande oportunidade de fazer parte da família Centro Cultural Brasil Estados Unidos, tendo Walkíria como mestre. Faz tempo, é verdade, mas inesquecíveis são as lembranças que trago daquela época. A adolescência é sempre marcante para qualquer pessoa, sabemos disso, ainda mais agora que tenho duas adolescentes aqui em casa. Por isso, acredito na importância e na felicidade em ter podido compartilhar momentos tão importantes com pessoas tão especiais. Eu comecei meu curso quando ainda cursava a oitava série e hoje, depois de tanto tempo, ainda não parei. Saí de Tupã para estudar, continuei meus estudos e, sempre preocupada em aperfeiçoar meu inglês, dei continuidade; e o faço até hoje. Iniciei minha carreira profissional e cada vez mais entendia a importância e a necessidade do estudo e conhecimento da língua inglesa. Ainda hoje continuo tendo minhas aulas aqui em São José dos Campos, onde moro, e o interessante é que ainda tenho o mesmo prazer em aprender como antes - ou até mais. Eu costumo dizer aos meus amigos hoje que, ao invés de terapia, extravaso meu stress no meu inglês. Para mim, quando saio para minha aula às quartas feiras, é como se estivesse saindo para me divertir, relaxar... Poderíamos comparar minha trajetória como uma plantinha. Foi semeada uma semente de altíssima qualidade (em Tupã - CCBEU); continuei regando minha plantinha com muito carinho; e hoje, recolho meus frutos. Meus agradecimentos ao CCBEU e em especial à Walkíria, que muito me ajudou em plantar minha primeira sementinha e me orientou com muita dedicação a melhor forma de semeá-la e cuidá-la, o que prazerosamente faço ainda hoje. Um beijo a todos. Márcia Leandro Kotsevitis - Empresária Aluno CCBEU - Tupã de 1975 a 1977
semfoto

Luis Fernando Leite Carvasan

Eu sou muito feliz por ter estudado inglês no CCBEU. As professoras são maravilhosas e muito capaciatdas. Eu estudei no CCBEU de 1998 a 1999 e fiz muitos amigos lá. Foram tantos que fica difícil enumera-los. Lembro-me bem das professoras Dosh e Sandra de quem gosto muito. Toda a equipe CCBEU é excelente. Naqueles dois anos que estudei no CCBEU tenho certeza que aprendi bastante e ganhei muitos amigos. Que Deus abençoe o CCBEU, sua equipe e alunos! Sub-gerente Aluno CCBEU de 1998 a 1999
lizandre

Lizandre Flores de Carvalho Fantacussi

Fiz o curso de inglês no CCBEU de 1986 a 1988, naquela época era conhecido como Centro Cultural, desde criança sempre participava das aulas de apresentação de cursos de inglês para crianças, adorava, tinha verdadeira paixão por fazer inglês, mas meus pais diziam que só iam me colocar no inglês na época do colegial. Estudar inglês no Centro Cultural foi de grande aprendizado pra mim, até hoje utilizo o que aprendi, inclusive no meu trabalho, as teachers eram demais, adorava as aulas de gramática e conversação, lembro com muito carinho e alegria dessa época, fiz muitas amizades. Hoje só tenho a agradecer pelo aprendizado e parabenizar pelos 35 anos de competência e profissionalismo. Aluna CCBEU de 1986 a 1988
katia

Kátia Calazans Reis

Oi pessoal da escola de inglês CCBEU - Tupã ! Primeiramente gostaria de parabenizá-los pelos 35 anos de excelência na área de ensino da língua inglesa, proporcionando aos alunos um aprendizado excelente e uma satisfação incomparável. Fui aluna do CCBEU-Tupã por anos e fui sempre instruída por excelentes e capacitados professores os quais me proporcionaram uma base completa e firme da língua. Devido à paixão que a escola me ajudou a desenvolver pela língua inglesa, optei por Secretariado Executivo Trilingue na universidade (UEM), da qual já graduei. Atualmente moro nos Estados Unidos, no estado de Maryland exatamente a 20 minutos de Washington, DC onde mora o presidente dos Estados Unidos. É uma região muito bonita, na qual já vivo há quase 2 anos. O ótimo inglês que adquiri no CCBEU-Tupã me ajudou muito na universidade e com certeza aqui nos EUA. Gostaria de agradecer o carinho e todo o conhecimento que a escola me proporcionou, e mais uma vez meus parabéns pelos 35 anos. Um grande abraço da ex-aluna. Aluna CCBEU de 1991 a 1995
karimi

Karimi Aparecida Rayes Borsatto Leal

Bem, posso dizer que foi no CCBEU-Tupã que aprendi a falar inglês. Sou da época do Pink and Blue, da teacher Maria Inês, Sandra. Era uma época maravilhosa, tínhamos gincanas. Não me esqueço do dia em que fui dublar a Angélica com a música “Vou de táxi”, num palco montado na Rua Botocudos, onde minha equipe se chamava "Raposas Vermelhas". Na época fomos a equipe que arrecadou maior quantidade de jornais. Tenho muitas saudades desta época, amigos, professores, escola. Infelizmente o tempo não volta, mas as recordações nunca se apagarão, pois o CCBEU-Tupã foi a minha segunda casa. Um grande abraço a todos e obrigada pela lembrança. Gerente Administrativa da Ordem dos Advogados do Brasil da 34ª Subsecção - Tupã/SP Aluna CCBEU de 1985 a 1987
joserubens

José Rubens Antoniazzi Silva

Estudar inglês sempre esteve nos meus planos, até que um dia fui convidado para participar do Programa Jovens Embaixadores promovido pela Embaixada Americana, o qual o CCBEU aplica os testes. A partir daí, comecei a fazer inglês no CCBEU e fui convidado para orientar os alunos em suas atividades de Learning Center. Graças ao CCBEU, as portas da cultura inglesa "abriram-se" para mim, e desde então, participo de cursos e programas oferecido pela Embaixada Americana através deste Centro Binacional. Agradeço ao CCBEU por todas as oportunidades oferecidas que me fizeram, me fazem e me farão crescer. Aluno CCBEU de 2005 até os dias de hoje.
jose

José Antônio Diana Mapelli

Muito me engrandece ter recebido o convite para um depoimento acerca de tão honrada escola. No entanto, quanto à instituição de ensino, tenho certeza de que todos os demais ex-alunos tecerão comentários irrefutáveis. Assim, rogo vênia para deixar de depor sobre a escola em si, passando a descrever uma pessoa que, indubitavelmente, foi e é o alicerce que sempre sustentou todo o objetivo do grupo, qual seja, o de transmitir conhecimento profundo sobre línguas de outros países. Não há como me lembrar do CCBEU (que na minha época ainda era denominado CCBEUT) sem nada dizer sobre tal estimada pessoa. Refiro-me a Dna. Walkíria Darahem, pessoa com a qual tive contato desde a infância. É mãe de um de meus melhores amigos (aliás, as amizades da infância é que são as sinceras). Até hoje, toda vez (sem exclusão de uma sequer) que vejo uma mulher de garra, honesta e amorosa, imediatamente me recordo da doce mãe do Daniel. Um exemplo, mesmo! Exemplo de luta, persistência, amor, dedicação... Certamente não me ative ao objetivo do que me foi solicitado. Mas, não teria eu qualidades suficientes além da dos outros alunos para elogiar o CCBEU. Então, decidi depor resumidamente sobre Dna. Walkíria. E uma coisa é certa: todos nós (alunos e membros do CCBEU) somos unânimes no sentido de que sem esta nobre mulher esta escola talvez nada seria. Abraço a todos. Aluno CCBEU de 1987 a 1988
italo

Ítalo Calazans Reis

É um prazer falar do CCBEU -Tupã, foi uma escola excelente, que me deu uma base completa e ampla de inglês. Tive excelentes professores, sempre dispostos e capacitados para me ajudar. Aprender inglês no CCBEU contribuiu muito pra minha formação acadêmica. Hoje curso Ciência da Computação na Universidade Estadual de Maringá (UEM) e graças ao ótimo inglês que adquiri na escola, tenho uma grande facilidade de compreender muitos dos necessários termos na área da computação. Gostaria de parabenizar o CCBEU-Tupã pelos 35 anos de competência e agradecer por todo o conhecimento que me proporcionou. Parabéns a todo o corpo docente, e até mesmo aqueles que já não fazem mais parte dele. Estudante de Ciência da Computação na Universidade Estadual de Maringá (UEM). Aluno CCBEU de 1999 a 2003
usufeminino

Gláucia Miranda Pinheiro

Rio de Janeiro, 14 de abril de 2007 Meu nome é Gláucia Miranda Pinheiro.e fui aluna do CCBEU por volta dos anos 74-75, sendo que fiz, se não me engano, o último livro na unidade de Marília, onde fui morar para me preparar para o vestibular. Em 1978 eu me mudei para o Rio para cursar Faculdade de Farmácia. Hoje sou farmacêutica, funcionária da escola onde me graduei, a UFRJ. E nunca mais voltei a Tupã para morar. Minha professora foi a profª Walkíria. Linda, inteligente e ótima professora. Me lembro até hoje dela dando as aulas. Eu devia ter uns 13 ou 14 anos e prestava muita atenção porque eu queria ter a pronúncia.igual a dela. Me lembro também das aulas de fonética…demais. O mais incrível é que eu vim parar na Universidade e percebi que o inglês que havia aprendido não deixava nada a desejar, muito pelo contrário. Tenho os meus livros guardados até hoje, inclusive os exercícios corrigidos. Acredite! O CCBEU foi o Meu Curso de Inglês! Aluna CCBEU de 1973 a 1975
fabio

Fábio Hamada Shimabukuro

Meu interesse em aprender inglês aumentou ainda mais quando eu estava na faculdade e fazia o curso de Ciências Contábeis. Estávamos na nossa sala quando a teacher Sandra apresentou-se e nos propôs um teste de conhecimentos em inglês com algumas questões simples e que não levaria muito tempo. Poucos conseguiram responder corretamente. Fomos então convidados a fazer uma visita ao CCBEU-Tupã. Fui até lá conhecer e vi a seriedade do curso e passei a freqüentar o intensivo aos sábados lecionado pela teacher Maria Inês. Concluí o curso em 2004. Fiz muitas amizades. Ainda me lembro das brincadeiras nas aulas. Homenageamos nossas mães. Até fizemos “brownies” e “cookies”. Hoje trabalho na Nossa Caixa em São Paulo e o que aprendi me ajudou muito. Parabéns Equipe CCBEU!!! Aluno CCBEU de 2001 a 2004  
evandro

Evandro Andaku

Estudei no CCBEU de 1977 a 1982. Em 1983 voltei, como professor, para dar aulas de conversação, após um ano de intercâmbio nos Estados Unidos. Em 1984 me mudei para São Paulo, onde continuei a estudar e trabalhar até hoje. Nesse tempo todo, nunca deixei de estar ligado, de alguma forma, ao “Centro Cultural”, como era conhecido na minha época e como ainda chamo-o até hoje. Ao pensar na escola, dois aspectos me parecem claros. O primeiro deles diz respeito à qualidade de seu ensino. Em minhas andanças pelo mundo e pelo meio universitário nunca deixei de perceber a sólida formação que a escola me deu, o que sempre me serviu para uma sincera confiança no domínio da língua inglesa. O outro aspecto é o pessoal, pois é uma escola que sempre me recebeu de braços abertos e continua, com o passar dos anos, a depositar confiança em nossos passos. Parabéns ao Centro Cultural! Advogado em São Paulo Aluno CCBEU de 1977 a 1982
erika

Érika Carvalho

O CCBEU começou a fazer parte de minha vida quando eu ainda era uma garota. Do curso infantil até o avançado, como trainee e depois como teacher, todas as experiências vividas foram decisivas na escolha de minha profissão. Depois de alguns anos longe de Tupã , retornei ao CCBEU e percebi que o tempo e a distância mostram quais pessoas e experiências foram e são importantes em nossas vidas. Hoje, como teacher e coordenadora de cursos do CCBEU, me sinto feliz em poder retribuir todo carinho, atenção e dedicação que sempre recebi de todos. Obrigada Walkíria por esta oportunidade, pelo seu incansável incentivo e estímulo. Obrigada CCBEU por me ensinar a aprender e a ensinar. Professora e Coordenadora de Cursos do CCBEU Aluna CCBEU de 1979 a 1986
semfoto

Diego Sadao Saito

O CCBEU-Tupã foi importante na minha formação. O conhecimento de inglês me ajudou no vestibular e também no decorrer do curso de Engenharia Aeronáutica, dado que quase todos os livros utilizados estão em inglês. Realizei uma viagem para o Canadá em 2005 onde pude testar o conhecimento da língua e aprender mais. Em 2007, provavelmente, realizarei o estágio curricular nos EUA, onde novamente o inglês será necessário. Uma mensagem para os atuais e futuros alunos é que aproveitem muito bem tudo o que essa excelente escola tem a oferecer. Isso fará diferença no futuro. Estudante - 4º Ano de Engenharia Aeronáutica ITA - Instituto Tecnológico de Aeronáutica Aluno CCBEU de 1997 a 2001
denise

Denise Oto Kawakami

Sinto-me honrada ao ser convidada a prestar este depoimento em comemoração ao 35 anos do CCBEU de Tupã, a cidade onde nasci e passei toda minha infância e adolescência. Lá iniciei meus estudos, que me deram a base para que eu viesse para Ribeirão Preto em 1981 aos 16 anos. No ano seguinte estaria ingressando na Faculdade de Medicina USP-RP. Sabia que uma boa base do idioma inglês, seria de suma importância durante a faculdade, por isso meus pais sempre me incentivaram a estudar, o que fiz durante todo o ginásio em Tupã. Após terminada a faculdade, resolvi retomar meus estudos de inglês, e voltei a estudar no CCBEU, desta vez de Ribeirão Preto. Nesta unidade cursei o Avançado e depois o Michigan. Aqui reencontrei Walkiria, que havia sido minha professora no passado. Que sensação boa poder rever pessoas que fizeram parte da nossa formação tanto nos estudos quanto como cidadãos. Incluo aqui, todos os professores que tive durante a vida. Ter estudado inglês desde pequena foi de muita utilidade para mim, principalmente durante as viagens que faço a congressos quanto a passeio com minha família. Dermatologista Aluna CCBEU de 1975 a 1979
semfoto

Dalton Luís Chiaradia

Lembro com saudade dos tempos de aluno do CCBEU. Em meio à algazarra habitual de um grande grupo de garotos, surgiram amizades que perduram até hoje. Sou muito grato às professoras Sônia, Sandra, Dolores, Walkíria... Não cheguei a me formar. Ao terminar o quinto livro me mudei para São Paulo, para completar o colegial. Mas lá chegando, eu era o melhor em inglês de uma classe de mais de 50 alunos no Colégio Objetivo da Paulista, provenientes de vários lugares do Brasil. Assim, ganhei tempo de estudo em outras matérias, o que foi fundamental para o sucesso nos vestibulares. Médico Pediatra Aluno do CCBEU - Tupã de 1978 a 1980
cibelle

Cibelle Diana Mapelli

Estudei no CCBEU nos anos 80 e início dos anos 90. Foi um período de bastante aprendizado e muitas alegrias, porque a escola, como é até hoje, tinha uma estrutura séria, os professores eram altamente preparados e o ambiente muito agradável. As aulas foram muito proveitosas. Como não se lembrar das professoras Sandra e Sônia? Muito aprendi de inglês, além do rol de amizades que lá fazíamos. Enfim, o CCBEU me deixou de lembrança muitos ensinamentos para a vida e doces imagens no coração. Parabéns ao CCBEU! Que ele continue formando cidadãos para a vida. Um abraço. Aluno CCBEU de 1987 a 1988
cesar

César Alves da Silva Leandro

Walkiria, em primeiro lugar quero parabenizá-la pelos 35 anos de ensino. Pessoas como você, devem ser valorizadas pela sociedade, pois nesse país onde a educação não é enaltecida como deve ser, sei que ser professor é mais um ato de amor, de realização profissional, de ensinar além de qualquer recompensa monetária. A admiro muito por sua dedicação ao ensino. Precisaríamos ter no Brasil muitas Walkirias. Aqui em Pinda, ajudei a criar uma escola técnica do ensino: a Fatec (Faculdade de Tecnologia em Metalurgia), onde o inglês faz parte do currículo. Nunca me esquecerei dos bons momentos que passei no CCBEU, inclusive porque foi aí que conheci minha mulher, a Meire, que também estudou nesta escola e fez mais que eu, se formou, chegou ao último livro. Eu consegui chegar ao quarto livro. Hoje ela é diretora de uma escola estadual aqui em Pinda. O inglês foi fundamental para minha profissão, recebo pessoas de todo o mundo: Alemães, Americanos, Suecos... as conversas e discussões técnicas são todas em inglês. Na minha formação profissional o inglês foi decisivo, pois para fazer Mestrado em Engenharia, uma das exigências é o conhecimento de uma língua estrangeira. Foi o inglês que me ajudou e continua ajudando, pois para concluir o doutorado, tive que apresentar o trabalho de tese em revistas estrangeiras e a língua para apresentação foi o inglês. Atualmente continuo escrevendo os trabalhos de pesquisa que desenvolvo em revistas estrangeiras e a língua exigida, seja na França, Suíça ou na Inglaterra é o inglês. Levei tão a sério o conhecimento da língua inglesa que minhas duas filhas estudaram inglês e consegui mais por elas, as enviei para um ano de intercâmbio. A minha filha mais nova ficou um ano no sul da Alemanha, voltou falando o alemão fluentemente e também domina o inglês. Ela pretende prestar vestibular para Arquitetura no ano que vem. A minha filha mais velha está indo para o terceiro ano de Engenharia de Materiais, e também ficou um ano na Finlândia. Hoje ela fala inglês e sueco, o que tem aberto as portas para ela fazer iniciação científica na escola que estuda, com grande promessa de doutorado fora do país. Hoje continuo estudando inglês, principalmente para conversação. Como meu trabalho é muito voltado para pesquisa, fico boa parte do tempo lendo trabalhos estrangeiros, mas sem falar. Assim tenho procurado falar com estrangeiros, ou praticar o inglês com pessoas que o dominam. Posso dizer que quem domina esse idioma tem as portas do mundo abertas, possui chance de ser um profissional reconhecido. Abaixo está a fotografia de minha família e das minhas filhas Mayara na Finlândia e Thayná na Alemanha. Um grande abraço e parabéns pela iniciativa. Engenheiro Metalúrgico da Aços Villares - Pindamonhangaba - SP Professor, Doutor da ABM - Associação Brasileira dos Metais - SP Aluno CCBEU de 1972 a 1976
usufeminino

Célia Maria Giansante Braete Leal

Para mim, falar do CCBEU é falar do início da minha visa adulta. Hoje, sou tradutora e professora de línguas, inclusive de língua portuguesa. E tudo isso começou aos 15 anos, quando eu já tinha noção do que queria, mas não tinha certeza. Assim que comecei a estudar inglês no CCBEU, identifiquei-me muito com a língua inglesa, e com a metodologia da escola. Isso só me fez crescer e crescer ainda mais em mim, a certeza dos caminhos que eu trilharia. Hoje, estou com 43 anos, trabalho já há 20 anos nesse árido ramo que é o de ensinar a usar cada vez melhor a técnica mais natural que possuímos (a fala) e tenho certeza de que o Centro Cultural foi uma das molas propulsoras que me lançaram com segurança ao mercado de trabalho. Professora de Línguas e Tradutora Aluna CCBEU de 1978 a 1979
semfoto

Ari Carlos de Barros Júnior

Estudei inglês no CCBEU- Tupã há muitos anos, quando ainda era adolescente, por iniciativa e insistência de minha avó paterna Elvira. No começo tive muitas dificuldades, pois era oriundo de escola pública, onde a citada língua é ensinada superficialmente. Com o passar do tempo e graças também à insistência das professoras, que foram ótimas, aprendi muito sobre a língua estrangeira e graças a isso, obtive excelentes notas na escola pública, onde antes, só obtinha notas baixas. Sou muito grato ao CCBEU, pois hoje sou muito menos tímido para me comunicar com outras pessoas, usando o inglês, que me abriu várias portas. Um abraço. Delegado de Polícia Aluno CCBEU de 1983 a 1985  
argeu

Argeu Vinicius Batista Rodrigues

Quando ouço falar da escola de inglês CCBEU - Tupã só me recordo de coisas boas! Estudei e trabalhei na escola por vários anos e aprendi muito com isso, sem contar com a eficiência dos professores e direção da escola em melhor atender aos alunos. Fiz várias amizades e aprendi muito no curso com os professores que tive. Venho através deste agradecer a todos e desejar tudo de bom para a escola de inglês CCBEU - Tupã nos seus 35 anos ! Aluno CCBEU de 2001 a 2005
angela

Ângela Maria de Lucas Pinato

O CCBEU foi uma escola que me proporcionou muito conhecimento quando iniciei carreira no magistério. Tive a oportunidade de conhecer excelentes professoras: Márcia Bueno, Maria Inês, Sandra Krugner, Walkíria, que muito colaboraram para aumentar a minha paixão pela língua inglesa. A escola possuía uma grande estrutura didática, aulas diversificadas, biblioteca com livros para todos os níveis de leitura e muitos outros recursos que aprofundavam meu interesse pelas aulas. Lembro-me com saudades da primeira turma que tive, a maioria adolescente. Nosso relacionamento era de muita união. Fiquei muito feliz quando conheci o novo endereço do CCBEU. Prédio moderno, jardim interno, salas climatizadas, lounge, enfim , ambiente acolhedor com a tradição no ensino de línguas. Parabéns CCBEU pelos 35 anos ! Professora de Inglês da Escola Índia Vanuíre Aluna CCBEU de 1977 a 1982 e 2003 a 2004
andrey

Andrey Borges Teixeira

Ao ingressar no CCBEU de Tupã nem imaginava por onde a vida me levaria, mas sempre soube que os ensinamentos ali aprendidos seriam válidos para sempre. Lembro-me das aulas à tarde onde encontrava os amigos e professores, momentos agradáveis de aprendizado de uma nova língua e uma nova cultura. Iniciei pelo curso “In Touch”, passando posteriormente para o “Life Style” e antes da faculdade, na preparação para o vestibular, pelo curso “Grammar”. Além dos cursos, as atividades extra classe como leitura e áudio-visual me ajudaram a aprender e a conhecer ainda mais a cultura americana. Contudo, as atividades no CCBEU não paravam por aí, sempre no final do ano tinha a formação do coral onde os professores nos ensinavam a cantar as músicas escolhidas para o encerramento, momentos de alegria e aprendizado que contribuíram ainda mais para nossa formação, sem contar o estreitamento de muitas amizades realizadas no palco do antigo teatro de Tupã onde aconteciam as festas de conclusão de curso. Os amigos da época e eu estávamos ali, convivendo com muito prazer e descontração. Quem estudou lá no final da década de 80 e começo de 90 deve se lembrar da grande gincana realizada, certa vez, com provas de busca de objetos escondidos pela cidade. Pois é, nosso grupo, “Yellow Fox”, estava participando e se divertindo mais uma vez. Nas festas de “Halloween”, onde bruxos e bruxas aprendiam se divertindo. No final do curso “Life Style”, recebi o convite para ser o orador da turma, com a difícil missão de representar os amigos num momento de felicidade pela conclusão do curso e ao mesmo tempo de saudade que levaríamos. Hoje, quando penso em tudo isso que aconteceu, nos momentos vividos nessa escola, no que aprendi, nos amigos, mestres, funcionários com quem convivi, tenho a convicção de que valeu a pena estudar no CCBEU. Parabéns pelos 35 anos.
andre

André Sávio Craveiro Bueno

É um prazer ter feito parte do Centro Cultural. Estudei nesta escola de 1976 a 1985: desde o Pink and Blue, passando pelos Active Englsh, até os In Touch e Life Styles. Parabéns Walkíria pelo esforço e dedicação que certamente tornaram esta uma excelente escola de língua inglesa! Bibliotecário e Pesquisador em Ciência da Informação - Unesp. Aluno CCBEU de 1976 a 1985
anaregina

Ana Regina Vicente Sant’Ana

Formada em Hotelaria, trabalho hoje na recepção do Eco Resort Praia do Forte, em Salvador, na Bahia, e tenho contato direto com povos que falam as línguas mais diferentes. O inglês que pratico hoje no meu relacionamento profissional devo muito ao CCBEU de Tupã, que foi a base de tudo. Agradeço e parabenizo a escola, seus professores e funcionários pelos seus 35 anos de existência. O tempo (35 anos) é a melhor prova da eficiência e da competência dessa escola no ensino do melhor inglês. Aluna CCBEU de 1993 a 1998
maeda

Ana Claudia Maeda

"Feliz é aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina" - Cora Coralina Parabéns CCBEU hoje e sempre. Consultora em Turismo de Negócios Aluna CCBEU de 1981 a 1986
amisa

Amisa Guimarães

Freqüentei o curso básico do CCBEU - Tupã entre 1981 e 1983, o que, definitivamente, garantiu minha boa nota de inglês no vestibular. Permitiu que eu tivesse condições de ler alguns assuntos em livros em inglês durante a faculdade. E foi o que, após o término da faculdade, embasou meu autodidatismo no aperfeiçoamento da leitura, uma vez que toda a bibliografia a partir de então era escrita na língua inglesa. Sem contar os congressos nacionais onde tínhamos convidados estrangeiros, onde foi muito melhor prescindir dos fones de ouvido com tradução simultânea. Depois os congressos internacionais, inviáveis sem o conhecimento da língua. Foi meu único curso de inglês. E me serviu o propósito. Até o momento me bastou. Valeu, CCBEU-Tupã. Valeu, Sandra. Sei que ela não leciona mais no CCBEU-Tupã, mas eu não podia deixar de agradecê-la. Médica, especialista em Medicina Nuclear. Aluna CCBEU de 1981 a 1983
alexei

Alexei Macorin Vivan

Senti-me bastante honrado e feliz por ser lembrado como ex-aluno da escola de inglês CCBEU Tupã. O tempo passa, a vida ganha novos rumos e nossa realidade muda completamente. Com o avançar no tempo, detalhes de nossa infância e adolescência acabam sendo pouco lembrados, apesar da grande importância que tiveram em nossa formação pessoal e profissional. O período em que cursei inglês no CCBEU é uma das fases da vida da qual tenho mais saudade, quer pela vida descomplicada que representou, apesar de a acharmos complicada sempre, quer pela importância que teve na vida profissional. Falo bastante em inglês em minha profissão, com pessoas dos mais diversos países. Quando me perguntam se morei fora do país para aprender inglês, tenho a grata satisfação de dizer que não, que aprendi no Brasil mesmo, mais do que isso, em Tupã, no CCBEU. Mas não é só isso que me traz saudade desse período. Como não lembrar das aulas descontraídas, apesar de sérias, dos bons professores, tais como Maria José, Sonia, Sandra, entre outros que o tempo não me permitem lembrar, das gincanas, das apresentações de final de ano, dos amigos-secretos, entre tantos outros acontecimentos proporcionados pela escola de inglês CCBEU e que fazem parte das boas recordações de minha vida. Parabéns a todos Vocês, professores e demais colaboradores dessa respeitável “Escola de Inglês” de Tupã, por seus 35 anos de vida ! Desejo que continuem sendo parte importante da vida de todos aqueles que por aí passarem, como foram para mim, ensinando inglês com qualidade. Um carinhoso abraço, Alexei Macorin Vivan. Advogado, Doutor em Direito pela Faculdade de Direito da USP. Aluno CCBEU de 1986 a 1991
afranio

Afrânio Luis Ricci Lopes

Foi com grande alegria e surpresa que recebi o email-convite do CCBEU, para escrever este depoimento. Como tenho 48 anos e o CCBEU está comemorando 35, acho que fui aluno de uma das primeiras turmas. E gostaria de mostrar como os anos que estudei lá influenciaram na minha vida. Ao terminar o colegial, fiz Engenharia Mecânica na FEI – Faculdade de Engenharia Industrial (hoje a sigla quer dizer outra coisa, mas em 1981 era assim) de São Bernardo do Campo. Ao me formar fui trabalhar na Zanini Equipamentos Pesados, em Sertãozinho, a terra do açúcar e álcool. Nos primeiros anos eu tinha pouco contato com a língua inglesa, mas em 1994 – ainda no século passado!! – várias pessoas saíram da empresa e algum dos engenheiros precisava ser o elo entre a Zanini e os fornecedores de tecnologia para nossos produtos – a empresa canadense Foster Wheeler. O fato de ter uma boa base de inglês foi fundamental para minha carreira profissional daí em diante. No começo por fax, depois por email, e aos poucos perdendo medo de falar com eles por telefone. Até que um dia tive que viajar para o Canadá. Fui com um diretor, mas ele voltou antes e eu tive que me virar. Deu certo, e um dia ao descer de um táxi o motorista disse que eu falava inglês bem! E aproveito para confirmar uma coisa que ouvia já antes de ir: depois de uma semana sozinho, sem ninguém para falar português, a evolução foi tremenda. Quando numa manhã acordei lembrando que tinha sonhado em inglês, fiquei realizado. A partir daí até consegui a coisa mais difícil: entender que o que o garçom fala é igual ao que está escrito no cardápio. A diferença é que o que eu lia em 5 minutos no cardápio, o garçom me explicava em 5 segundos! Depois dessa viagem, já enchi vários passaportes com carimbos do Irã, Japão, Alemanha, França, Holanda, Lichstentein, EUA, Inglaterra, além de vários países de língua espanhola. E tenho a sensação que em qualquer lugar do mundo dá pra ser virar. Com uma boa base – hoje além de inglês é bom saber espanhol, chinês (aqui vai uma sugestão para a Walkíria) - e vontade de escutar e respeitar as pessoas, e aprender a cultura de cada lugar, a gente descobre como as pessoas do mundo inteiro são semelhantes. E fica mais difícil entender porque tanta gente quer fazer guerra. É, entre outros motivos mais óbvios, porque não aprenderam a língua e não viveram com seus semelhantes dos outros lados do mundo. Para terminar: alguns anos depois dessa da viagem inicial ao Canadá - em 1998, eu participei da instalação da filial Foster Wheeler no Brasil, e hoje tenho minha própria empresa, sempre com muitos contatos internacionais, e o inglês continua sendo fundamental para o sucesso. Espero que daqui a 35 anos a Walkíria consiga depoimentos dos que aprenderam chinês em algum CCBChina - Tupã. Engenheiro Mecânico Aluno CCBEU de 1972 a 1974
elaine

Elaine Cristina Alves de Carvalho

Prestar um depoimento como este nem sempre é fácil, todavia a tarefa se torna mais agradável quando estamos entre amigos. O registro mais do que qualquer coisa é de agradecimento. Agradecimento pela aprendizagem e também pela atenção, simpatia e espírito cooperativo da escola de inglês CCBEU Tupã. A cidade de Tupã tem no CCBEU uma referência de qualidade de ensino. Foi com essa qualidade que escrevi minhas primeiras palavras em inglês, e hoje posso dizer que alcancei meus objetivos, como o ingresso no programa de estágio de uma empresa líder de mercado no segmento de eletrodomésticos. Aproveitando a oportunidade, quero parabenizar o CCBEU e a sua diretora, Walkíria Darahem, pelos 35 anos de existência em Tupã. Mais uma vez agradeço a toda equipe do CCBEU pelos bons momentos vividos, e pelo aprendizado, tendo a mais plena certeza que daqui a outros 35 anos, estarei aqui, novamente, prestando mais outro testemunho. Parabéns. E Vida longa ao Centro Cultural Brasil - Estados Unidos - Tupã
imagem

Maria Inês Arantes

Estudar e ser professora de inglês foi meu sonho de adolescente e quando cheguei ao CCBEU em 1974, tive certeza de que havia escolhido a carreira certa e a língua inglesa se tornou uma paixão. Estudar no CCBEU representou a formação de um profissional pois aqui estudei, aprendi muito inglês e também aprendi a ensinar. Apesar de ter me afastado por alguns poucos anos, estou no CCBEU há quase 30 anos, esta escola é parte da minha vida. Trabalhar no CCBEU, trouxe para mim realização profissional, auto-estima e principalmente muita alegria através dos amigos que aqui conquistei. Walkíria, obrigada por tudo que ainda me ensina e pela oportunidade de compartilhar minha vida com o CCBEU. Professora do CCBEU Aluna CCBEU de 1974 a 1975 1980 a 1981 - 2000 a 2001 2004 a 2007
imagem (1)

Valéria Carvalho

Sou fisioterapeuta há 16 anos em São Carlos. A língua inglesa foi e é essencial em minha vida profissional que, aliás me ajudou a entrar na Universidade Federal. Infelizmente não poderei aí estar para as comemorações, mas muito obrigada pelo carinho! Um abraço. Parabéns CCBEU!!! Fisioterapeuta Aluna CCBEU de 1978 a 1984
imagem (2)

Andreza Liz Botteon

Honrada! Esta é a palavra certa para expressar o quão me senti em poder contribuir para a história de uma escola tão respeitada. Formada por profissionais de uma competência indiscutível, a escola de inglês CCBEU - Tupã proporciona aos seus “amigos-alunos”, aprendizagem verbal e cultural da nação anglo-americana, com um padrão excelente em qualidade de ensino. Teachers: Renata, Vanessa, Marissol, Sônia e Sandra: professores de altíssimo nível educacional, pelos quais tenho todo o orgulho (e sem exageros), de poder dizer que foram os responsáveis por todo o ensinamento, nos 6 anos privilegiados que passei neste grandioso Centro Cultural. Professores que, dirigidos pela admirável e competente Diretora Walkíria Darahem, só tenho elogios e agradecimentos a fazer. Obrigada! Andreza Liz Botteon - Advogada Aluna CCBEU de 1991 a 1996
imagem (3)

Ana Regina Vicente Sant’Ana

Formada em Hotelaria, trabalho hoje na recepção do Eco Resort Praia do Forte, em Salvador, na Bahia, e tenho contato direto com povos que falam as línguas mais diferentes. O inglês que pratico hoje no meu relacionamento profissional devo muito ao CCBEU de Tupã, que foi a base de tudo. Agradeço e parabenizo a escola, seus professores e funcionários pelos seus 35 anos de existência. O tempo (35 anos) é a melhor prova da eficiência e da competência dessa escola no ensino do melhor inglês. Aluna CCBEU de 1993 a 1998
imagem (4)

Jussara Linhares Murini

Fazer parte do CCBEU foi, e tem sido, uma das experiências mais significativas da minha vida, por ter me proporcionado a descoberta de uma profissão pela qual sou apaixonada. E após dez anos aqui, tudo que tenho é agradecer a todos que também fizeram parte dessa caminhada, através da qual eu cresci, amadureci e aprendi tanto. Parabéns a D. Walkíria, a todas as teachers que fizeram e fazem parte dessa família, a todos os funcionários por sua dedicação, e a todos os alunos que por aqui passaram e contribuíram para esses 35 anos de sucesso. Que venham os próximos 35!!! Professora do CCBEU Aluna CCBEU de 1998 a 2004

Estude nos EUA

Ficou interessado?

Vídeo

Entre em Contato

Ficou interessado?

Área do Aluno